sexta-feira, 31 de outubro de 2014


Esse vácuo entre o hoje e as possibilidades do amanhã em que me encontro, por vezes, ganha contornos de autopiedade. Empreender é muito trabalho e pouca grana por um bom período. Usar o pouco desse tempo para tentar um mestrado e, quiçá, uma bolsa, é pedir pra ser sustentada. E, ser sustentada, meus caros e inexistentes leitores, é um grito de dependência humilhante.

Nenhum comentário: