quinta-feira, 23 de outubro de 2014


Há uns cinco anos amargo uma inveja repugnante. Quando me percebo sentindo tal coisa, sinto nojo instantâneo de mim mesma. Me faz uma pessoa pior, em contradição ao quanto evolui e progredi na vida por causa do mesmo sentimento.

Nenhum comentário: