sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

O homem tem tudo entre as mãos, e se deixa escapar tudo é porque tem medo... Isso é um axioma... É curioso: de que será que a gente tem mais medo? O que mais receamos é o que nos faz sair de nossos hábitos. Mas estou por aqui a divagar e é por divagar tanto que não faço nada. É verdade que eu poderia alegar esta outra razão: é porque nada faço que divago tanto. (Dostoiévski, Crime e Castigo)

Nenhum comentário: